Home / Análise dos Jogos / FC Basel 0 x 4 Manchester City – Pós-Jogo

FC Basel 0 x 4 Manchester City – Pós-Jogo

O Manchester City visitou o Basel nesta terça feira no primeiro jogo das oitavas de final da UEFA Champions League, disputada no St. Jakob-Park sob um frio de 0°. Vindo de uma campanha excepcional na primeira fase, os citizens buscavam deixar a classificação já encaminhada para o jogo de volta.

E Pep contou com boas notícias com a volta de Sané, David Silva e Delph entre os relacionados, porém, só o último foi escalado como titular, então, praticamente os mesmos nomes que vinham jogando nas últimas rodadas foram a campo: Ederson; Walker, Kompany, Otamendi e Delph; Fernandinho, Gundogan e De Bruyne; Sterling, Aguero e Bernardo Silva. Sané, David Silva e Danilo entraram no segundo tempo.

Os citizens não demoraram muito para partir pra cima. Logo aos dois minutos, Bernardo recebeu de Gundogan no lado direito e cruzou, o próprio alemão apareceu para cabecear e obrigar o goleiro Vaclík a espalmar por cima.

O Basel não apresentou surpresa, iniciando fechado em seu campo de defesa, e apostando nos lançamentos longos em velocidade. Como a defesa do City não estava muito ligada nos primeiros momentos, a estratégia até rendeu alguns sustos: aos 06, Oberlin saiu na cara do gol, tocando na saída de Ederson, mas a bola foi fraca e Otamendi conseguiu recuperar.

Só que o susto não passou de um susto. Aos 14, as coisas voltaram ao seu devido lugar. De Bruyne cobrou escanteio e Gundogan apareceu na primeira trave para desviar e, desta vez, abrir o placar para o City.

Quando a locomotiva pegou de verdade, não parou mais. Somente quatro minutos depois, após boa jogada em velocidade, Sterling cruzou para a área, a bola desviou no meio do caminho e caiu certinha para Bernardo Silva, que dominou no peito e bateu com estilo, por cobertura, o goleiro ainda tenta tocar na bola, mas não o suficiente para impedir o segundo do City.

Aos 23, Fernandinho carregou a bola pelo meio, mas acabou perdendo a posse já no campo de ataque, só que a sobra ficou com Aguero, que gostou de chutar de longe, ele viu o espaço e mandou no canto direito de Vaclík, que ficou imóvel só vendo a bola passar. Era o terceiro do City.

Ou seja, com pouco mais da metade da primeira etapa, o negócio já estava praticamente resolvido, como o City queria, e pode-se dizer que a equipe se poupou o restante do jogo, mesmo não parando de buscar o ataque.

Ainda no primeiro tempo, aos 33, Sterling foi lançado em velocidade e saiu na cara do gol, ele tentou driblar Vaclík, mas o goleiro interviu bem, e conseguiu dar um tapa na bola, mandando para escanteio. De Bruyne também tentou fazer o dele, após receber bola de Delph e pegar de primeira com a perna esquerda, com a bola passando perto do travessão.

A segunda etapa recomeçou movimentada. Logo aos 47, Gundogan rolou para De Bruyne, que experimentou de longe, mas mandou nas mãos de Vaclík. Dois minutos depois, Ederson finalmente foi acionado no jogo, ao fazer grande defesa em chute de fora de Elyounoussi.

Só que mais uma vez o susto na defesa antecipou a certeza no ataque. Aos 53, Aguero fez ótima jogada e passou para Gundogan, que limpou e mandou no ângulo, fazendo seu segundo na partida e completando a goleada dos visitantes, sob os olhos de Joachim Low nas tribunas do estádio.

Com o resultado encaminhado, Pep colocou os recém recuperados de lesão Leroy Sané e David Silva para ganhar ritmo. O próprio Silva teve sua chance aos 66, quando Walker avançou pela direita e tocou para Aguero, e este rolou para o espanhol, que mandou por cima.

Com a diminuição de ritmo do City, o Basel tentou ser mais agressivo no ataque por alguns minutos para pelo menos sair com um gol de honra. Aos 67, Oberlin tentou de cabeça, mas mandou para fora. No minuto seguinte, Elyounoussi fez boa jogada no lado direito, mas viu Ederson espalmar sua finalização. Finalmente, aos 69, Oberlin cobrou falta da entrada da área, mas Ederson pegou em dois tempos.

O City teve sua última boa chance aos 74, após ótima jogada de Aguero na esquerda, que avançou em direção a área e cruzou para Gundogan, este pegou de primeira, mas Vaclík fez boa defesa.

Após isso, o jogo ficou morno até o final, pois nem o Basel teve mais ânimo para buscar alguma coisa. O jogo de volta, que, honestamente, agora só terá a função de cumprir o regulamento, acontecerá no dia 07 de março.

Sobre Manoel Martins Jr

Avatar for Manoel Martins Jr
Melhor com a caneta nas mãos do que com a bola nos pés.

Veja mais

Burnley 1 x 1 Manchester City – Pós-Jogo

O Manchester City visitou o Burnley neste sábado, em partida válida pela 26ª rodada da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *